25 de mai de 2010

Desabafo


Hoje estou aqui para postar algo que vem me intrigando e me entristecendo desde a virada do ano. Como bem sabemos e está sendo divulgado a todo momento na mídia, o nosso início de ano tem sido marcado por tragédias que chocaram o mundo pela sua violência. Vidas têm sido dissipadas em instantes e nós, meros seres humanos, nos vemos de mãos atadas sem saber a quem recorrer e o que fazer.
A primeira delas foi aqui mesmo no Brasil, em Angra dos Reis. Uma localidade conhecida pela sua beleza e onde muitas pessoas escolheram para comemorar o Ano Novo com suas famílias e amigos.
A segunda delas está sendo a do Haiti. Um país marcado pela pobreza e miséria de mais da metade da sua população.
O que tem em comum entre elas? As causas de toda essa tragédia. Isso mesmo! A força da natureza tem sido a causa. Em Angra dos Reis a força da chuva fez com que desmoronasse toneladas de pedras e terra em cima daquelas casas onde dormiam centenas de pessoas. A poucas distâncias dali, outra região sofria pela enchente que invadia casas. No Haiti, terremotos vêm provocando pânico. Um número incalculável de pessoas já morreram soterradas pelas estruturas de prédios e casas que caíram sobre seus corpos. E outras tantas estão feridas... são crianças, mulheres, idosos, homens... todos vítimas de uma força que o homem não pode controlar... ele bem que queria ter o poder sobre a chuva, sobre a enchente dos rios, sobre os ventos e sobre a terra... mas essa é uma conquista impossível!...
Infelizmente, esse mesmo ser humano é o culpado por tantas tragédias causadas pelos fenômenos naturais. Pois é ele o responsável pelo crescimento da camada de ozônio, ele responsável pelo número de desmatamentos e consequentemente diminuição de toda a área verde não apenas de nosso país como do mundo, é ele o responsável pela poluição e assoreamento de rios, lagos e mares e é ele o responsável pela vida deprimente de milhares de pessoas espalhadas pelo mundo a fora.
A verdade é que nos foi dado tudo, o suficiente para vivermos em harmonia com a natureza e termos uma vida saudável e digna, mas a ganância e o luxo fizeram com que esse "suficiente" fosse pouco e passamos a explorar mais e mais e mais... estamos acabando com o mundo e acho que muitos ainda não se conscientizaram disso.
Não adianta fazer tratados de diminuição de emissão de gases a atmosfera, não adianta fazer conferências de meio ambiente se a atitude dos países e de seus habitantes em querer melhorar todas essas catástrofes não venha em primeiro lugar.
Pessoas estão morrendo por causa de nossa imprudência e aquelas cenas fantásticas e assustadoras de filmes até então de "ficção científica" estão se tornando reais. Será que ver toda essa miséria espalhada pelas esquinas, todas essas mortes, crianças pedindo água e comida, morrendo de frio... será que isso não bate em nossos corações como um sinal de que devemos dar um basta nisso?
Tenho a certeza que podemos fazer alguma coisa sim. O que nos falta é atitude e união entre os países e entre seus próprios habitantes. Podemos fazer um mundo melhor.

1 comentários:

Fran23 disse...

'Amanhã é outro dia' disse...
Francileide, conheci somente hoje teu blog. Gostei da mensagem desse texto. Cada um deve ter consciência do seu papel no mundo e assumir alguma atitude prática, fazendo algo que seja útil para a promoção de melhorias no mundo em que vivemos.

Postado:
28/01/10 12:30
Por Amanhã é outro dia

Postar um comentário

Sejam bem-vindos ao Blog Fran23! Deixem seus comentários, sugestões ou dúvidas aqui! Até mais!